Buscar

domingo, 12 de agosto de 2012

COMO OBTER RESULTADOS EM VENDAS


Vender é uma arte, e vender bem é uma arte refinada. Arte refinada seria como aquele quadro que um artista levou anos para pintar, e no final do trabalho já amadurecido, a obra ficou perfeita aos olhos dos homens. O vendedor que é um artista se refina no saber ouvir. Saber vender significa saber ouvir. Não importa qual o canal de vendas: pessoalmente, por telefone ou internet, email ou via skype. Importa conhecer o cliente, suas expectativas, necessidades e desejos. E ouvir, ouvir e ouvir. Ouvir muito, antes de falar qualquer bobagem, e é ouvindo com total conexão com as necessidades do cliente que você captará com ciência aquilo que o cliente deseja. Ouvir para oferecer aquilo que o cliente quer e precisa, e mesmo encantá-lo diante do produto.
Vendedores que refinam a arte de vender, são aqueles vendedores que se destacam pelo crescimento contínuo e sustentável de seus resultados, que não ficam sufocando clientes ou empurrando produto goela abaixo sem dar-lhes o direito de pensar. Muitos tornam-se quase psicólogos, honrando a arte da venda que começa e finaliza no ouvir.
Resumindo o teor da obra, você nunca será um exímio vendedor se não souber ouvir, e ouvir muito seu cliente. Após desenvolver esta habilidade será fácil negociar para ambas as partes, e enfim vender bem seu peixe, opa peixe não, obra de arte.
Quadro de Monet - uma obra de arte
Quadro de Monet - uma obra de arte

Para vender bem necessitamos de estratégias, técnicas de abordagem, negociação e pessoas preparadas e motivadas para representar a empresa.

Aqui vão dez dicas de Atendimento para uma boa Venda.

1) Cumprimente e Sorria 
Um “Olá”, “bom dia”, “boa noite”, seguido de um sorriso abre portas e a bolsa do cliente. E sempre com muito otimismo e entusiasmo.

2) Fale o nome do seu cliente
“Meu nome é Maria! Qual é o seu nome?” Chamar o cliente pelo nome causa uma empatia maior. Nada de intimidade como “querida”, “nega” ou qualquer outro sinal que denote uma intimidade que não existe.

3) Coloque-se ao dispor do cliente
“Senhor João em que posso ajudá-lo?” Evite aquele “pois não” ou ainda o pior “o que você quer?”. Oferecer ajuda é sempre melhor que já usar uma negativa com o cliente antes mesmo de começar a vender.

4) “Estou só olhando, obrigada”
Esta é uma grande mentira que a maioria de nós falamos, quando estamos interessados em algo mas ainda não decidimos. Pesquisas já demonstraram que 80% das compras são decididas no ponto de venda e não antes. Então, de dez pessoas que “estão só olhando”, oito compram. Então diga: “Muito bem, Senhor João, se precisar de algo, conte comigo “.

5) Meu cliente, meu Rei
Tenha em mente durante todo o tempo que você só está ali porque o cliente existe, mesmo que ele não compre daquela vez. Seu emprego está em jogo.

6) Ouça o cliente
Deixe o cliente falar. Pergunte primeiro tudo o que puder para entender o que o cliente deseja. Antes de pensar o que pode servir para ele, ouça-o. Só assim você poderá dar um atendimento diferenciado, efetuar a sua venda e ainda ter esse cliente para compras futuras.

7) Faça mais do que acha que pode
Deixe a preguiça de lado. Ofereça de forma sutil e educada um pouco mais do que o cliente pediu.

8) Crie relacionamento
Cadastre seus clientes para algo muito simples, que se chama pós-venda. Ligue, ou mande e-mails depois para seu cliente oferecendo as novidades.

9) Acompanhe seu cliente até o final da compra
Não abandone seu cliente antes que ele deixe a loja. Ao finalizar a compra, coloque-se ao dispor de seu cliente e nunca deixe de entregar um cartão.

10) Agradeça
Jamais deixe de agradecer ao seu cliente, coloque ao dispor para uma nova aquisição. Sempre com um sorriso enorme e com sentimento de gratidão.

Viu como é simples? Agora pratique primeiro a décima primeira dica:

Recorte essas dicas, cole na parede do armário e leia diariamente. Analise os seus atendimentos e vá corrigindo até tirar nota dez! Sucesso e Prosperidade para você!

Não existem fórmulas mágicas para vender bem, vender mais ou vender melhor. Existem atitudes que colaboram para todas estas melhorias. A atitude de estar disposto a aprender. Aprender com os erros, aprender e melhorar ainda mais com os próprios acertos, aprender a observar, ouvir, questionar e colaborar